Simplificar a Segurança Alimentar é possível

Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa
 

Ao longo dos anos os nossos especialistas em Sistemas de Gestão da Segurança Alimentar têm sido confrontados com microempresas e pequenos negócios onde efectivamente são manipulados, armazenados, comercializados e até produzidos produtos alimentares, que lidam diariamente com o que aparentemente é uma complicação, implementar um sistema baseado nos princípios do HACCP (APPCC em Português).

SK CONSULTADORIA EM SEGURANÇA ALIMENTAR

O HACCP

O HACCP é uma sigla internacionalmente reconhecida que significa Hazard Analysis and Critical Control Point ouAnálise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos (em Português).

Em 2015 a própria ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica emitiu esclarecimento público na qualidade de autoridade máxima na fiscalização em que clarificou a possibilidade de ser possível simplificar o HACCP, o que nos pareceu na altura ajustado e muito oportuno, nomeadamente fixando que os requisitos de implementação dos princípios HACCP pudessem dispor da flexibilidade suficiente de modo a serem aplicáveis em todas as situações, incluindo em micro e pequenas empresas.

Em todo o caso, e como desde 1998 o HACCP continuou a ser obrigatório para todas as empresas em Portugal e na EU - União Europeia, aliás persiste o disposto nos Regulamentos n.º 852, 853 e 854/2004.

Podemos é considerar e adoptar uma maior flexibilidade e simplificação de processos e procedimentos que resultam numa facilidade na aplicação dos princípios HACCP, nomeadamente em estabelecimentos de pequena dimensão, o que é fácil de entender.

Pensar-se-á que a implementação dos princípios HACCP é muito complicada, mas não tem que ser. O mais importante é garantir, independentemente da metodologia aplicada, que os procedimentos de segurança estão adaptados a cada estabelecimento considerando a actividade desenvolvida.

Acreditamos convictamente que a Higiene e Segurança Alimentar nas empresas, independentemente do seu volume, dimensão e tipo de negócio não tem que ser um obstáculo e muito menos uma complicação.

Falamos de pequenos negócios ou estabelecimentos que produzem, armazenam, comercializam ou distribuem alimentos, nomeadamente uma loja de comércio de produtos alimentares, uma cafetaria, um quiosque, uma roulotte, uma cozinha de um lar de idosos ou de uma escola, que precisam de cumprir as mesmas exigências e requisitos legais em matéria de segurança alimentar que uma fábrica ou estabelecimento maior, mas em condições físicas mais restritas e certamente com menos recursos a todos os níveis.

Por isso mesmo, defendemos uma solução assente na simplificação e na flexibilidade, tanto ao nível de processos como também procedimentos, e não porque somente assim é nossa opinião e porque sim ou porque dá jeito.

Simplificação do HACCP em Portugal

A flexibilidade e simplificação que defendemos resulta na aplicação do sistema HACCP aplicável aos operadores do sector alimentar que depois de terem implementado as alíneas a) e b) do artigo 5º do Regulamento (CE) nº 852/2004, considerem não ser possível identificar os pontos críticos de controlo e que demonstrem com a aplicação de medidas preventivas é assegurada a segurança alimentar dos alimentos, manipulados, armazenados, comercializados ou produzidos. Em todo o caso, será sempre sujeito a que os critérios aplicados sejam validados e verificados em eventuais acções de inspecção ao estabelecimento.

Acreditamos em sistemas de gestão da segurança alimentar assentes na simplificação de processos e procedimentos.

E sobre Segurança Alimentar clique aqui para saber o que podemos fazer por si.

Se tem um pequeno negócio do sector alimentar, venda ambulante, um quiosque, uma loja de comércio ou até uma cozinha de um lar de idosos ou estabelecimento de ensino veja aqui no seguinte link >>> https://goo.gl/sxMNdv

O SkFoodSafety4Points é um serviço destinado a quem procure um sistema de segurança alimentar assente nos princípios do HACCP (APPCC) e inspirado na simplificação de processos e procedimentos com flexibilização permitida a microempresas.

Essencialmente o SkFoodSafety4P foi desenvolvido por profissionais que acumularam experiência do prado ao prato e com base nas normas comunitárias, inspiraram-se numa metodologia também reconhecida internacionalmente a par do HACCP, nomeadamente o CHAC ou os 4C’s desenhado pela Food Standards Agency (agência inglesa homologa da ASAE), basicamente resumimos nos mesmos fundamentos, porque o foco são (4) quatro pontos, a limpeza e higiene, a cadeia de frio, a confecção e a contaminação cruzada.

Em suma, não tem que ser complicado, nem dispendioso apostar na qualidade e na segurança alimentar.

Contatos

HEAD OFFICE

Avenida da República, n.º 6, 7.º Esquerdo, 1050-191 LISBOA | Portugal

Tel + 351 211 332 968 | Fax +351 213 195 609

Redes Sociais

follow me on facebookgoogle logo  

follow me on twitter linkedin

Parceiros

APQlogo apemeta