O Portugal 2020 está operacionalizado e a hora chegou

Votos do utilizador: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa
 

Importância de apostar e recorrer ao programa Portugal 2020

logoportugal2020 1

Crescimento e do Emprego por forma de investimento de PME em Portugal

Sobre o que é o programa Portugal 2020 e o PDR 2020 resultadodo acordo entre UE e Portugal 2014-2020 já escrevemos antes (Pode ver AQUI notícia antiga).

Julgamos que importa olhar para uma prespectiva mais estratégica e com sentido de visão estratégica assente nos últimos dados, e sobre os quais os nossos especialistas na matéria concluiram ideias e um olhar sobre o assunto que vimos aqui hoje partilhar com todos os que nos seguem, sejam clientes ou não.

Também aproveitando a visita a Portugal da Comissária Europeia da Política Regional, Corina Cretu, 27 e 28 de agosto mais concretamente, relembrando a afirmação numa recente entrevista a capacidade do país em aproveitar os fundos europeus na direção do Crescimento e do Emprego, assim como na ideia que “Investir nas PME é a melhor estratégia”

Somos a crer que efectivamente 2015 marca a hora do investimento em Portugal, isto depois do que assistimos desde o colapso financeiro internacional de 2008, o investimento em Portugal demonstrava uma trajetória absolutamente preocupante, situação que inverteu-se alguns anos depois.

Aqui chegados depois de primeiro semestre de 2015 observa-se finalmente a tendência, depois de Portugal ter iniciado um processo tímido de recuperação, que se manteve em 2014.

Agora podemos concluir depois de observar dados oficiais mais recentes, indicações de instituições comunitárias, entre outras internacionalmente reconhecidas, tudo aponta para que 2015 seja efectivamente um ano de consolidação do crescimento do investimento empresarial já verificado e reiniciado em Portugal.

StrategicManagement

Sem fazer perder muito tempo por uma leitura muito técnica, o facto é que o crescimento já verificado, ainda que passo a passo, facto mais imediato é que assim sendo permitirá assegurar o início efetivo da renovação do stock de capital nas empresas Portuguesas e numa outra vertente as perspetivas para o crescimento mundial e europeu também em certa medida positivas, embora ainda teremos que estar atentos, em todo o caso assistimos a uma redução do preço dos combustíveis fósseis e das principais matérias-primas.

São evidentes as perspetivas para o crescimento em Portugal, que são manifestamente positivas, aliás existem projecções oficiais (Banco de Portugal) apontam para a continuação do movimento de recuperação da atividade económica, prevendo-se um aumento do PIB de 1,7% em 2015.

Tudo somado, como referido acresce o Portugal 2020, este programa já está operacionalizado como em tempo útil anunciamos e já temos contacto com o mesmo no terreno, estando os nossos especialistas já algum tempo a desenvolver estudos e candidaturas ao PT2020 e PDR2020.

pdr20201

A Sr.ª Comissária Europeia Corina Cretu considera em entrevista ao Jornal Expresso que Portugal está a fechar satisfatoriamente o ciclo 2007-2013, estando em segundo lugar entre a Estónia e a Suécia, logo temos de admitir que bem posicionados, apresentando uma taxa de execução dos fundos na ordem dos 95% quando a média europeia é de 84%.

Mesmo descontando o facto de o país beneficiar de uma taxa superior de cofinanciamento da UE (10% de majoração), a Comissária considera que a execução financeira de Portugal é bastante elevada, já que no final de maio de 2015, a taxa de aprovação de projetos superava os 100%.

Relativamente ao novo ciclo 2014/2020 (Portugal 2020), Corina Cretu manifestou o seu agrado pelo facto de Portugal ter sido um dos primeiros países a ver aprovados todos os Programas Operacionais no final de 2014, bem como satisfação por ver alguns investimentos já selecionados, após o início das convocatórias para a apresentação de projetos. A comissária louvou “esta rápida implementação no terreno do novo ciclo 2014/2020 pois previne atrasos na conclusão dos projetos no fim do período de programação”.

“Para multiplicar o impacto de cada euro investido com os nossos fundos, encorajo vivamente a usarem mais os instrumentos financeiros”

Já em relação à grande aposta dos fundos do Portugal 2020 ser Competitividade e a Internacionalização, sobretudo de Pequenas e Médias Empresas (PME), Corina Cretu considera que “investir nas PME portuguesas não é só uma boa estratégia para criar empregos e crescimento: é a melhor rota para o desenvolvimento das regiões”, uma vez que “cerca de um quarto dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento disponibilizados a Portugal servirão para apoiar pequenos negócios e startups, os verdadeiros motores do crescimento e da inovação”. (Veja AQUI a Entrevista na íntegra ao Jornal Expresso)

Portanto o Novo QREN – O Portugal 2020 e o Novo ProDer – O PDR2020 estão finalmente aí e ambos os programas operacionalizados para apoiar em força a iniciativa empresarial das empresas e dos empreendedores nacionais e estrangeiros que queiram investir com estes relevantes sistemas e instrumentos de financiamento.

Resumidamente sobre Novo QREN – Portugal 2020 temos o seguinte quadro;

Competitividade e Internacionalização

Eixo I: Reforço da investigação, do desenvolvimento tecnológico e da inovação;

Eixo II: Reforço da competitividade das PME incluindo a redução de custos públicos de contexto;

Eixo III: Promoção da sustentabilidade e da qualidade do emprego;

Eixo IV: Promoção de transportes sustentáveis e eliminação dos estrangulamentos nas principais redes de infraestruturas;

Eixo V: Reforço da capacidade institucional das autoridades públicas e das partes interessadas e da eficiência da administração pública;

Eixo VI: Assistência Técnica.

Inclusão Social e Emprego

Eixo I: Promover a sustentabilidade e a qualidade do emprego;

Eixo II: Iniciativa Emprego Jovem;

Eixo III: Promover a inclusão social e combater a pobreza e a discriminação;

Eixo IV: Assistência Técnica.

homepagept2020 FINAL 06

Outros pequenos mas interessantes programas focados para PME’s e muito pequenos investimentos são os Vales Simplificados do Portugal 2020, divididos em (3) três opções muito válidas, nomeadamente;

Vale Empreendedorismo

Projectos de aquisição de serviços de consultoria na área do empreendedorismo imprescindíveis ao arranque de empresas, nomeadamente a elaboração de planos de negócios e outros serviços de consultoria.

Despesas Elegíveis

Despesas com serviços de consultoria na área do empreendedorismo, nomeadamente a elaboração de planos de negócios, bem como serviços de consultoria imprescindíveis ao arranque de empresas recém-criadas.

Incentivo Financeiro

Até 75% não reembolsável.

Vale Internacionalização

Projecto de aquisição de serviços de consultoria na área de prospeção de mercado.

Despesas Elegíveis

Serviços de consultoria na área de prospeção de mercado.

Vale Inovação

Projecto de aquisição de serviços de consultoria de inovação, abrangendo as atividades de consultoria de gestão, assistência tecnológica, consultoria na área da economia digital, consultoria para aquisição, proteção e comercialização de direitos de propriedade intelectual e industrial e para acordos de licenciamento, consultoria relativa à utilização de normas e serviços de ensaios e certificação.

Despesas Elegíveis

Serviços de consultoria de inovação e apoio à inovação, abrangendo as atividades de consultoria de gestão, assistência tecnológica, consultoria na área da economia digital, consultoria para aquisição, proteção e comercialização de direitos de propriedade intelectual e industrial e para acordos de licenciamento, consultoria relativa à utilização de normas e serviços de ensaios e certificação

Vale I&D

Projecto de aquisição de serviços de consultoria em atividades de investigação e desenvolvimento tecnológico, bem como serviços de transferência de tecnologia

Despesas Elegíveis

Serviços de consultoria em atividades de investigação e desenvolvimento tecnológico, bem como serviços de transferência de tecnologia, desde que preencham cumulativamente as seguintes condições:

a) Serem exclusivamente imputáveis ao estabelecimento do beneficiário onde se desenvolve o projeto;

b) Resultarem de aquisições em condições de mercado a terceiros não relacionados com o adquirente;

c) Resultarem de aquisições a entidades acreditadas para a prestação do serviço em causa.

Esta informação não dispensa uma consulta à legislação em vigor.

Por fim não deixamos de aproveitar pararecordar os recursos e especialistas com percurso académico e profissional sólido e vasto para poderem analisarem as ideias, os projectos e as empresas que procurem os nossos serviços para elaborarem Business Plan, Estudos de viabilidade económica e candidaturas aos sistemas e programas do Portugal 2020 e PDR2020.

Por fim referir ferramentas e apostas que os nossos clientes fazem nas candidaturas que prestamos suporte, nomeadamente um sólido e fundamentado Business Plan e um estruturado Estudo de Viabilidade Económica

Mais informações coloque as suas dúvidas, questões ou pedidos de informação clicando AQUI.

Plano de Negócios e Estudos de Viabilidade Económica

Um Business Plan ou melhor em Português um Plano de Negócios é uma importante e fundamental ferramenta para por exemplo assegurar da melhor maneira a projecção do lançamento e da gestão de qualquer negócio e empresa, e atenção seja aqui em Portugal ou qualquer parte do mundo esta é uma realidade universal. Contudo acaba por ser também uma peça determinante para a apresentação de um projecto de investimento  todo o tipo de interessados, tais como um investidor ou ao sistema de financiamento, aliás é uma ferramente diariamente reconhecida no sistema bancário e não só.

Portugal 2020

Durante a elaboração de um Plano de Negócios o nosso foco com este instrumento de gestão é possibilitar entregar ao cliente uma ferramenta que permite fazê-lo compreender todas as dimensões e vertentes do seu negócio, bem como orientar o desenvolvimento do negócio e da empresa no curto, médio e longo prazo, mediante a criação de estratégias e objectivos tácticos e operacionais.

Para além disso, pode funcionar como um suporte para apresentação da empresa a outras partes interessadas, como por exemplo investidores ou parceiros de negócio.

A Estrutura do Plano de Negócios pode assentar na seguinte dimensão e estrutura;

A memória descritiva do seu projecto de investimento, será fundamentalmente realizada assente na elaboração de um Plano de negócios, em que para garantir o sucesso do mesmo.

Para a elaborar o Plano de Negócios do nosso cliente por norma estruturamos com seguintes aspectos trabalhados;

– Sumário executivo

– Apresentação e caracterização do projecto

– Apresentação e caracterização do promotor

– Visão, missão e valores da futura empresa

– Objectivos de curto, médio e longo prazo

– Posicionamento do negócio

– Análise das Cinco Forças de Porter

– Organograma

– Análise da concorrência

– Plano de Marketing

– Análise S.W.O.T

– Análise P.E.S.T

– Análise dos fornecedores e parceiros

– Cronograma de implementação do negócio

– Avaliação final e controlo

Já um Estudo de Viabilidade Económica e Financeira é fundamental, quer para projetos relativos à criação de uma nova empresa, quer para projetos na perspetiva de uma empresa que esteja já em atividade e que necessite de avaliar a mais-valia de um eventual projeto de investimento ou aposta estratégica e determinante a realizar e determine qual o seu impacto na empresa.

A implementação de um projeto de investimento, implica uma profunda análise de mercado, da empresa, do produto ou serviço e de um rigoroso plano de negócios, que suporte a viabilidade do investimento.

SManagement.and.strategic

Estrutura do Estudo de Viabilidade Económica

Desde logo temos que considerar que as projecções financeiras do seu projecto de investimento, são asseguradas através do desenvolvimento do Estudo de viabilidade económico-financeiro, o qual será fundamentado e justificado.

No Estudo de viabilidade económico-financeiro, serão analisados e apresentados os seguintes aspectos:

– Pressupostos do negócio

– Projecção do volume de negócios

– Projecções do CMVMC

– Custos das Mercadorias Vendidas e Matérias Consumidas

– Fornecimentos e serviços externos (Fixos e variáveis)

– Gastos com Pessoal

– Investimento em capital fixo

– Investimento em fundo maneio necessário

– Plano de financiamento

– Balanço previsional

– Mapa de cash flows operacionais

– Avaliação da viabilidade do projecto (VAL, TIR e Payback period)

– Break Even Point

– Indicadores Económicos e Financeiros (Análise dos principais rácios do negócio)

– Conclusões sobre a viabilidade económica do projecto.

Apontamos.caminho.solucao

Mais informações coloque as suas dúvidas, questões ou pedidos de informação clicando AQUI.

Somos parte da solução e procuramos ser no dia-a-dia da nossa activdade a diferença e para suportar candidatura da sua empresa a um dos sistemas de incentivo e financiamento em Portugal ou em países PALOP ou SADC podemos prestar consultadoria e assessoria a negócios e empresas com consultadoria em gestão e estratégia que designamos como formato de serviço S|MANAGEMENTANDSTRATEGIC.

Inserimos na nossa prestação de serviços conhecimento, experiência e competência com profissionalismo assente numa dinâmica de project management focados nos objectivos e metas propostas com o cliente.

Neste âmbito de consultadoria podemos prestar diversos serviços, nomeadamente;

Plano de Negócios para empresas e projectos económicos a implementar.

Desenho e apoio técnico de candidaturas a sistemas de incentivo, em Portugal por exemplo ao Portugal 2020 entre outros programas e sistemas de incentivo vigentes em Portugal (Anteriores ProDer e QREN) nomeadamente o Portugal 2020 e PDR2020.

Outros serviços e valor acresentado podemos assegurar, basta fazer-nos chegar a suas necessidades e analisarmos em segurança e confiança pelos nossos especialistas.

Consulte-nos! Nós estamos prontos.

Apontamos.caminho.solucao

Contatos

HEAD OFFICE

Avenida da República, n.º 6, 7.º Esquerdo, 1050-191 LISBOA | Portugal

Tel + 351 211 332 968 | Fax +351 213 195 609

Redes Sociais

follow me on facebookgoogle logo  

follow me on twitter linkedin

Parceiros

APQlogo apemeta