AREAS DE NEGÓCIO EM PORTUGAL COM POTENCIAL DE INVESTIMENTO

Votos do utilizador: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa
 

Sectores de actividade económica com potencial em Portugal para quem procure investir.

Tem sido recorrente e mais recentemente seguidores do nosso blog de notícias (Blog Statusknowledge) e das redes sociais, assim como clientes e potenciais investidores de diversas proveniências que nos tem procurado tem contactado os nossos serviços em diversos domínios, onde questionam sobre os sectores da economia que merecem maior atenção e que podem revelar potencial de investimento, e para responder a esse tipo de questões decidimos abordar o tema e partilhar algumas sugestões que podem ser úteis a quem esteja a ponderar e reflectir sobre o assunto.

Aqui chegados e porque ainda estamos em tempo de férias para alguns e para outros é tempo de regresso ao activo e de ponderação concluímos abordar esta temática de acordo com os dados que dispomos para partilhar uma perspectiva e reflexão, ao nível de um traçado estratégico a desenhar e proporcionar às empresas, como em termos de perspectiva de investimento e desafios futuros.

Mais ao nível de futuro próximo em termos de investimento, a questão fulcral que surge nas ponderações a realizar, é a pergunta de 1 Milhão, que investimento e em que sector de actividade.

Portanto numa perspectiva de diversificação dos investimentos ou a abertura de novos negócios são algumas hipóteses a considerar, isto assente na realidade de Portugal e no momento de 2015.

Primeiro algumas questões prévias que sugerimos serem consideradas como parte de uma boa receita de negócio ou projecto disso mesmo, considerar por exemplo aspectos e o carácter inovador do produto ou serviço, como por exemplo pode ser valorizado pelo mercado, depois aferir e determinar qual a capacidade própria de actuar em mercados com significativa dimensão, falamos, portanto, qual a ambição e depois o que não pode faltar quando empreendedor começa a construir e desenvolver um novo negócio e investimento, muita, mas mesmo muita vontade e a resiliência para apostar e implementar os projectos, sejam eles nas novas tecnologias ou em sectores mais tradicionais.

Agora dados estatísticos a considerar que também merecem reflexão, e que podem ajudar a determinar aposta em investimento em Portugal, segundo um recente estudo da Informa D&B, no ano passado (2014) foram criados nada mais, nada menos que 35.568 novos negócios em Portugal, principalmente nos sectores de Serviços, Retalho e Alojamento e Restauração, por outro lado, no que diz respeito fecho de empresas e encerramento de negócios, podemos observar que estes desceram 13,2% para o valor mais baixo desde 2007, de 13.952.

Face este número conclui-se que por cada empresa que encerrou no ano 2014, nasceram 2,5 novas entidades, mantendo-se a tendência positiva registada já em 2013. Também no que diz respeito a insolvências, estas, continuam a evidência uma descida acentuada, que para 2014 foi de -20,6%.

Apontamos.caminho.solucao

Face os dados que dispomos podemos concluir que efectivamente A CRIAÇÃO DE NOVOS NEGÓCIOS CONTINUA A CRESCER EM PORTUGAL.

Nos últimos meses quando contactados por empresas ou investidores que nos contactaram e visitaram Portugal, na maioria dos casos procuravam em Portugal negócios promissores, da agricultura ao turismo, havendo sempre uma articulação com o potencial do novo QREN e ex-ProDer (falamos de Portugal 2020 e PDR2020 que temos já escrito e referido sobre a matéria – veja aqui artigo sobre assunto), a partir dessas experiências fez nossos especialistas e consultores no terreno avaliarem e assim poderem partilhar que tipo de apostas para 2015 e futuro próximo podem e devem merecer atenção.

Relativamente a o que podemos partilhar sobre o que podem ser negócios e sectores de actividade económica com carácter promissor em 2015 e seguintes, face os indicadores conduzem para a recuperação da economia, com maior crescimento do que em 2014 e 2013 de uma forma contínua e sustentada, quer pelo investimento privado que tem sido acentuado, como pelo início do novo quadro comunitário Ex-QREN, agora designado Portugal 2020, que salienta com destaque várias áreas de intervenção, designadamente, na investigação e desenvolvimento, na inovação de carácter produtivo e qualificado, no empreendedorismo criativo, inovador e qualificado, na qualificação de pequenas e médias empresas e também ao nível da internacionalização, podemos assim afirmar algumas das áreas, sectores e NEGÓCIOS ONDE VALE A PENA INVESTIR EM 2015 em Portugal principalmente, sendo certo que algumas áreas de negócio são bem diferentes umas das outras, mas todas tem um denominador comum, nomeadamente um certo potencial de rentabilidade, a saber;

A ENERGIA

Uma realidade que diríamos quase universal é a pesquisa e busca por uma energia mais limpa e sustentável, aliás diríamos que é uma exigência e desafio dos nossos dias. Em Portugal podemos observar que as oportunidades de negócio nesta área são muito diversificadas, mas note-se que nem por isso são simples ou fáceis, mas efectivamente é por exemplo uma área com muito destaque no actual quadro comunitário de apoio (Portugal 2020).

SAÚDE, BEM ESTAR E OS SERVIÇOS DE APOIO À FAMILIA

Ao nível do apoio aos nossos idosos por exemplo verifica-se uma procura de serviços que o mercado não apresenta capacidade de resposta, onde existe muitas opções a considerar, desde serviço de apoio ao domicilio, lares de idosos, entre outros.

Produtos que privilegiem a saúde e bem-estar são uma aposta pertinente.

Também ao nível dos serviços de bem-estar e de saúde continua a manter-se potencial de investimento.

O TURISMO

Sempre foi e talvez será uma importante área da economia em Portugal, e cada vez mais com maior relevância, mas nem por isso deixa de merecer potencial relevante. Aliás o ano de 2014 foi até muito generoso, verificando-se que por exemplo em muitas cidades e regiões foram premiadas com distinções e merecidos prémios um pouco por todo o Mundo. Porto e Açores são apenas dois bons exemplos e neste último em particular com as mais recentes e à muito aguardada e esperada alternativa de transportes, com as crescentes opções de ligação aérea por parte de companhias low-cost reforçam claramente a ideia que a área do Turismo vai e tem de crescer ainda mais.

Com novos regimes jurídicos entretanto introduzidos em Portugal as opções são variadas desde o alojamento local até ao luxo.

A AGRICULTURA

Quando se afirma que a crise tem sempre um ou vários lados positivos na história, na agricultura em Portugal validou-se essa ideia, constatou-se que nos últimos anos, fruto da recessão económica, muitos Portugueses e não só, passaram a olhar para a agricultura como uma oportunidade de negócio, e muitos foram os casos e óptimos exemplos de sucesso, sejam pequenas empresas e unidades familiares, projectos de média dimensão ou empresas de grande porte, assiste-se ao conceito e ideia que o regressar e voltar à terra é uma interessante e promissora ideia de negócio.

A REABILITAÇÃO E O IMOBILIÁRIO

Sim o imobiliário por incrível que possa parecer, mas um facto e em abono da verdade graças aos Vistos Gold, e mesmo apesar de toda a polémica e dos percalços recentes vão continuar e permitir criar condições de investimento de extracomunitários poderem obter condições de entrar na Europa através de investimento em Portugal, investindo por exemplo no imobiliário.

Outra componente e que já demos atenção em artigo anterior (Ver AQUI), a Reabilitação tem vindo a ganhar dimensão e aparentemente também tem vindo a ganhar novo folego a curto prazo, o turismo urbano nas principais cidades e uma economia a crescer vão ajudar a recuperar esta área de negócio, e também podemos ver no arrendamento permanente ou temporário um dos vários negócios promissores que o imobiliário tem para oferecer.

A INDÚSTRIA

Também como se assistiu na agricultura em Portugal, as dificuldades dos últimos anos, conduziram a uma nova aposta na produção industrial, embora neste caso já era um movimento observado já algum tempo em abono da verdade resultado de aposta de iniciativas privadas com resiliência, espírito empreendedor e visão, exemplo disso foram áreas como o calçado, a indústria automóvel, o vidro ou a metalomecânica, as quais têm tido relevância nacional e internacional, estamos convencidos que este sector da economia é efectivamente uma aposta prioritária no Portugal 2020.

FORMAÇÃO

A requalificação dos recursos humanos é uma aposta efectiva e determinante do actual quadro comunitário cujo o foco é a necessidade de reforçar competências para melhores oportunidades, assim como as exigências associadas à internacionalização das empresas Portuguesas e uma reorientação da economia na direcção da indústria reforçam a necessidade e procura de respostas na área da formação, embora neste ponto a exigência e eficácia da oferta também terá que ser muito mais forte, não deixa de ser um sector a considerar, desde que acrescente valor.

TECNOLOGIAS

O futuro está e continuará nas novas tecnologias e claramente vão continuar a ser uma área com grandes investimentos pois são transversais a toda a economia. Aqui é uma tendência global e o lazer, as vendas, o marketing, a gestão de informação, entre muitas outras, continuarão na vanguarda do desenvolvimento das tecnologias, pelo que é em si mesmo um sector a considerar.

O QUE É NACIONAL É MESMO BOM E O “MADE IN PORTUGAL”

Por fim, e finalmente a marca PORTUGAL com quase nove séculos de existência tem importante valor, não só histórico como de mercado e o facto é que nos últimos anos observou-se que a marca Portugal acabou por renascer em diversos sectores e áreas da economia Portuguesa, logo traduziu-se numa necessidade imperativa e acabou por resultar no que podemos afirmar uma moda que acaba por ter uma ampla satisfação, porque acaba por agradar a portugueses e estrangeiros, tanto ao nível da revitalização e nova projecção de marcas existentes e que estavam de certo modo adormecidas, ou até e mais relevante pela nova abordagem às nossas matérias-primas e pela reinterpretação de produtos tradicionais, fez com que a conclusão e ilação natural a reter é que a marca Portugal vende mesmo.

SManagement.and.strategic

Isto são sugestões e caminhos que podem merecer aposta sem qualquer dúvida, mas em todo o caso não podemos deixar de referir o que parece obvio, mas tem extraordinária importância e relevância antes de decidir a aposta a preconizar, ou seja, qualquer que seja o sector e área de actividade que aqui apresentamos implica sempre um estudo prévio aprofundado que será enquadrado no business plan.

Outra providência e recomendação que fazemos sempre nestes casos e quando consultados sobre a matéria e que julgamos importante salientar é que a escolha recaia sobre uma área de negócio sobre a qual tenha algum conhecimento prévio, ou que facilmente o possa ter acesso a informação nuclear sobre o negócio em concreto, isto porque em regra nem as oportunidades de negócio são iguais para todos os investidores, e o desfecho mais ou menos positivo resulta na maioria dos casos, porque não são reunidas competências adequadas e ajustadas ao negócio em concreto.

Para mais informações, para ajudar a organizar ideias, definir metodologia e abordagem para avançar com uma aposta de investimento, conte com nossa metodologia, experiência e conhecimentos, dispomos das ferramentas que podem fazer a diferença e ajudar a acompanhar o investimento no caminho certo. NÓS ESTAMOS PRONTOS! CONTE COM NOSSA EQUIPA DE ESPECIALISTAS.

Contacte-nos sem compromisso e coloque as suas questões Aqui (Preencha o formulário).

We.are.ready.solutions

Contatos

HEAD OFFICE

Avenida da República, n.º 6, 7.º Esquerdo, 1050-191 LISBOA | Portugal

Tel + 351 211 332 968 | Fax +351 213 195 609

Redes Sociais

follow me on facebookgoogle logo  

follow me on twitter linkedin

Parceiros

APQlogo apemeta