A pergunta, porquê Statusknowledge?

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Porque pode um cliente decidir pela proposta da Statusknowledge ou então porque somos Statusknowledge? São duas questões colocadas desde janeiro de 2014.

A 24 de Janeiro de 2014 foi fundada a empresa que resulta na Statusknowledge assente numa ideia e modelo de negócio que baseia-se no propósito de ser parte da solução no dia-a-dia dos clientes, seja na implementação ou manutenção de um sistema de gestão da qualidade, ou da segurança alimentar, seja na gestão de projectos de licenciamento, na consultadoria industrial com vista o licenciamento industrial ou licenciamento ambiental, ou em projectos de marketing, entre outros serviços e soluções assente numa plataforma de especialistas, sempre com a missão de acrescentar valor, independentemente do sector de actividade, dimensão, local ou país onde estiver o cliente e o desafio, que por vezes os clientes “apelidam” de problema e por isso gostamos de assumir ser parte da solução.

No jovem percurso percorrido pela equipa da Statusknowledge, já nos permite concluir que superámos a expectativa inicial, na medida que reuniu-se experientes profissionais à volta de uma oferta de serviços ampla, atingido com orgulho metas e objectivos alcançados pelos nossos clientes, em território nacional (incluindo ilhas) como fora de Portugal.

Foto 113 min

Qualquer um dos serviços que prestamos aos clientes assenta na maioria dos casos numa ideia de projecto, onde a metodologia é comum, sendo o foco principal o resultado pretendido pelo cliente.

Existem outros serviços que são complementares e que surgem quase a pedido dos clientes como sucedâneos dos serviços principais, aliás surgiram como resposta a exigência de os clientes procurarem que tivéssemos resposta para o efeito, tais como;

Auditorias internas

Auditorias de conformidade legal

Auditorias de segurança informática

Medidas de autoprotecção

Fiscalização e coordenação de segurança de obras

Etc.

Aqui chegados, podemos concluir que registamos com orgulho a aprendizagem, a experiência obtida, quer nos bons e nos maus momentos vividos junto dos nossos clientes, nem sempre foi, é e será “um mar de rosas” como diz a expressão popular, mas mesmo quando as coisas não correm de feição, procuramos manter a atitude e disponibilidade focados no resultado final, sem nunca esquecer o compromisso inicial com o cliente, porque não somos apenas um fornecedor de serviços, somos um parceiro de negócio, com a característica que antes de sermos profissionais somos pessoas e temos uma condição que é nunca desistir ou desesperar perante as adversidades, sejam elas alheias ou não aos recursos envolvidos.

A integração de projectos é uma realidade regular na relação que temos com os nossos clientes e muito frequente verificar-se no mesmo cliente a integração de serviços e projectos, com resultados muito apreciados e interessante impacto no dia-a-dia do cliente.

Tudo pode começar com uma auditoria, depois um projecto de arquitectura ou de consultadoria industrial, o licenciamento industrial em concreto, e em seguida uma intervenção de marketing, porque como consultores no cliente, num projecto intenso como é o licenciamento ou o estudo de umas novas instalações implica conhecer e muito do que o cliente é e faz, do produto que se vai fabricar, logo pode ser aproveitado com muito bons resultados esse know-how numa solução de packaging design por exemplo. Se estamos a implementar um sistema de gestão de segurança alimentar e depois vamos trabalhar a embalagem do cliente, logo não podemos perder a oportunidade de juntar o útil ao agradável, comunicar melhor, informar mais e melhor também, face um consumidor cada vez mais exigente, funcionando como factor diferenciador.

Foto 100 min

Em termos de marketing não temos qualquer ambição em ser uma agência de comunicação, procuramos ser parte da solução em suprimir lacunas que o cliente tem, utilizando orçamentos acessíveis e focados em resultados, seja no branding de uma marca, numa embalagem com design adequado, num website institucional nas redes sociais ou numa loja online, mas que faça o cliente dizer “Olá mundo digital”. No limite procuramos facultar ferramentas ao cliente, de preferência a partir de um plano de marketing e comunicação e depois proporcionar autonomia e conhecimento.

Em termos de sistemas de gestão de qualidade ou de segurança alimentar, procuramos partilhar com o cliente metodologia e princípios assente nos resultados e na simplicidade de processos e procedimentos, ou seja, para cumprir as normas e a lei não significa tornar as organizações dos clientes mais pesadas, mais burocráticas.

Em termos de arquitectura e engenharia integramos com consultadoria um serviço, este sim integrado, mas com o foco no objectivo do cliente, de forma a articular com administração pública central e local de forma mais assertiva. Em cada projecto dos nossos clientes adoptamos uma preocupação assente em “pilares”, em primeiro lugar os regimes jurídicos obrigatórios (v.g. RJUE, SIR, etc), os objectivos e vontade do cliente e por fim, a funcionalidade. A maior parte do sucesso na experiência nestes casos, quer com particulares ou empresas nacionais e internacionais foi maioritariamente aproveitando a longa experiência dos nossos profissionais em licenciamento industrial em Portugal e outros locais do mundo, e, portanto, acumularam-se os projectos industriais, mas também pequenos projectos no retalho e comércio, escritórios, armazéns de comércio por grosso, restauração, hotelaria, estabelecimentos sociais (v.g. Lar de idosos, IPSS, etc) e habitação.

Foto 99 min

Salientamos que na consultadoria industrial e gestão de projectos, é o departamento que mais integração de projectos e de recursos realiza, até por inerência é o tipo de serviço e objectivo para o qual o cliente contrata um único fornecedor, o estudo prévio, o projecto de arquitectura, as especialidades de engenharia, o licenciamento ambiental, o licenciamento industrial, entre outros serviços complementares, tais como a fiscalização e coordenação de segurança das obras, medidas de autoprotecção.

Em suma, a statusknowledge resulta de uma equação que soma duas palavras, Status que é = a pessoas e Knowledge (conhecimento) que se traduz nas qualificações e experiência multidisciplinar que dispomos assentes numa proposta de valor, disponibilidade e foco no resultado final a favor do cliente, porque o projecto do cliente é o nosso projecto, o problema que faz o cliente vir até nós é o nosso desafio diário.

Somos assim, parte da solução.

Statusknowledge consulting & services

Your business solutions…

Contatos

HEAD OFFICE

Avenida da República, n.º 6, 7.º Esquerdo, 1050-191 LISBOA | Portugal

Tel + 351 211 332 968 | Fax +351 213 195 609

Redes Sociais

follow me on facebookgoogle logo  

follow me on twitter linkedin

Parceiros

APQlogo apemeta