A Segurança Alimentar não tem que ser incompatível com o negócio ou com a produção

Votos do utilizador: 4 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativa
 

Ainda o tema da “Segurança Alimentar” no Dia Mundial da Saúde em 7 de Abril 2015, tema que foi escolhido pela Organização Mundial de Saúde (WHO).

Quando a WHO (OMS - Organização Mundial de Saúde) anunciou que o tema do Dia Mundial de Saúde em 2015, nomeadamente 7 de Abril era A SEGURANÇA ALIMENTAR, acreditamos no mérito e propósito da iniciativa.

Não podemos ignorar que em 1948, aquando da organização da primeira assembleia desta Organização, foi definido que em cada ano, a organização escolhia um tema central para ser debatido no Dia Mundial da Saúde e que representa uma prioridade na agenda internacional da OMS.

safefood Cópia

Assim identificamo-nos com o propósito e objectivos da campanha desde logo que foi conhecida a mesma, e associamos à mensagem (From farm to plate, make food safe) "Do campo ao prato, tornar os alimentos seguros" Comunicado WHO | World Health Day 2015.

Este ano como tema do Dia Mundial da Saúde a Organização Mundial da Saúde (OMS) seleccionou uma área de saúde pública, nomeadamente a "Segurança Alimentar". Assim estamos perante um tema de alta relevância e uma oportunidade para alertar os governos e toda a cadeia de produção alimentar (agricultores, fabricantes, fornecedores e consumidores) para a importância do controlo de perigos e riscos microbiológicos, garantindo que os alimentos que chegam aos pratos da população são seguros.

Em todo o caso também é importante simplificar processos para melhor envolver manupiladores e gestão de topo das indústrias e do comércio alimentar em geral.

Aliás, quando formatada a oferta em termos de consultadoria em segurança alimentar e na implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade e Segurança Alimentar estamos convictos que é exequível alcançar níveis de qualidade e segurança alimentar sem colidir com os interesses económicos, nomeadamente em termos de rentabilidade e viabilidade do negócio. Isto assente na simplificação de processos e procedimentos.

Na essência e origem do serviço que designamos por SFood Safety Systems para indústria e comércio alimentar está a simplificação e metodologia que visa a facilitação de processos, em muito ajuda a implementação de sistemas de segurança alimentar com pessoas experientes e com ferramentas de gestão de projecto, orientados por metodologia de gestão de projecto assente nos referenciais internacionalmente reconhecidos por "Project Management", nomeadamente as normas NP 4519: 2013, NP ISO 21500: 2012 (Linhas de orientação de gestão de projectos).

Portanto, para além do tema para a efeméride em causa, que por sinal coicide com o dia de aniversário da organização (WHO), está assim observado o foco da OMS (WHO) ser do "Prado ao prato" é vital mais segurança alimentar.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) procura nesta data e por ocasião da efeméride do Dia Mundial da Saúde 2015 reconhecer o papel importante de todos os envolvidos na produção de alimentos em matéria de segurança alimentar e reforçar a necessidade da colaboração e coordenação entre estas diferentes áreas, para prevenir, detetar e responder a doenças transmitidas por alimentos.

Podem ser localizadas mais informações sobre o Dia Mundial da Saúde 2015 aqui.

Estamos na Statusknowledge consulting & services no Departamento de Sistemas de Gestão de Qualidade e Segurança Alimentar convencidos que o Dia Mundial da Saúde é uma oportunidade única de sensibilizar e alertar a sociedade civil para temas-chave na área da saúde que afetam a humanidade e para desenvolver atividades com vista à promoção do bem estar das populações, assim como de promover hábitos de vida saudáveis. Podem existir vários programas apresentados no Dia Mundial da Saúde e podem prolongar-se ao longo do ano, contudo tivemos a oportunidade de poder observar a iniciativa do Instituto Ricardo Jorge em Lisboa (Portugal) que escolheu dia 8 de abril de 2015 (Programa INSA 8-Abr) para assinalar esta data, onde elementos da nossa equipa poderam acompanhar afim de obterem novidades para Portugal e outros países onde estamos com relevantes projectos de consultadoria em segurança alimentar, nomeadamente países PALOP e SADC. 

No evento de 8 de Abril, aquando as Comemorações do Dia Mundial da Saúde, assente no tema da Segurança Alimentar, podemos assistir a um programa de carácter científico no anfiteatro do Instituto Ricardo Jorge em Lisboa - Portugal.

Neste evento tivemos oportunidade de assistir a apresentação e assinatura de protocolo SSD2 Project pilot, que resulta na criação e implementação de Sistema Nacional de Gestão de Dados do Controlo Oficial de Alimentos.

Apresentação de José Ángel Gómez Ruiz (EFSA)

A propósito das comemorações do Dia Mundial da Saúde neste evento do dia 8 de Abril no INSA podemos assim tomar conhecimento e aqui partilhar a criação de um sistema de gestão de dados do controlo oficial de alimentos em Portugal que permita prevenir e garantir a segurança alimentar, pelo que, foi assinado um protocolo de cooperação nacional entre o Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA), a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), a Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) e o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV).

No Departamento de Consultadoria em Sistemas de Gestão de Qualidade e Segurança Alimentar saúdamos e registamos com agrado essa notícia.

Estes organismos públicos que participam no projeto-piloto do SSD2 “Pilot project on the implementation of SSD2 in the frame of the electronic transmission of harmonised data collection of analytical results to EFSA”, estiveram presentes e assinaram relevante protocolo em Portugal em matéria de segurança alimentar, que visa o mapeamento dos dados analíticos de substâncias químicas, resíduos de pesticidas, aditivos e da monitorização biológica de géneros alimentícios.

Este sistema constituirá uma ferramenta adequada e eficaz na harmonização da comunicação de dados entre Portugal e a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar (EFSA).

Tivemos o privilégio de alguns de nós assistir à cerimónia que teve lugar no dia 8 abril na Sede do INSA em Lisboa durante a sessão científica organizada no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Saúde 2015, este ano dedicado ao tema da “Segurança Alimentar”.

Informação sobre o "SSD2 Pilot project"

INSTITUTO RICARDO JORGE ASSINA PROTOCOLO NA ÁREA DA SEGURANÇA ALIMENTAR | SSD2 Project Pilot

INSA

Essencialmente o tema da Segurança Alimentar surge por a WHO registar que facto é que alimentos estragados podem levar a uma variedade de problemas de saúde: diarreias, doenças virais (os primeiros casos de Ébola foram ligados a carne contaminada), problemas de desenvolvimento, reprodutivos e cancros.

A Organização Mundial da Saúde habitualmente está na primeira linha de ajuda e suporte informativo para todos os países onde urge prevenir, detectar e responder a surtos de doenças transmitidas por alimentos com o Codex Alimentarius, uma colecção de padrões internacionais de alimentos, directrizes e códigos de práticas, abrangendo todos os alimentos principais e processos.

Na implementação de sistemas de gestão da segurança alimentar podemos e devemos entre outros referenciais como ISO 22000, IFS, BRC, orientar também por indicações presentes no Codex Alimentarius.

No próximo mês de Maio de 2015, nomeadamente dia 7 e 8 vamos também acompanhar aConferência Anual sobre Direito da UE no Sector de Alimentos 2015, em Trier na Alemanha promovido pela Academia de Direito Europeu (ERA).

Continuaremos a partilhar conhecimento e a sensibilizar que a Segurança Alimentar é vital do prado ao prato mas não necessariamento incompatível com a produção primária, indústria e comércio alimentar.

Nesse sentido a nossa formatação de consultadoria em Segurança Alimentar é fornecer ferramentas e soluções assentes em metodologia simplificada que permita além de cumprir a lei tirar partido pela positiva de investir na Segurança Alimentar.

SFood.Safety.Systems

Aproveite e acrescente valor ao seu negócio assegurando aos seus produtos embalagens e rotulagens apelativas e devidamente esclarecidas ao consumidor. Assim não há falta de informação e contribui-se para o bem-estar e saúde de todos.

Em matéria de Segurança Alimentar pode contar com nossa equipa que acumula competência, qualificações e experiência em Portugal e em países Europeus, Africa e Brazil e que o foco é o que norteia toda a formatação da oferta de serviços e soluções da Statusknowledge, nomeadamente acresentar valor ao produto, negócio e organização do cliente.

Auditorias a Sistemas de Gestão de Segurança Alimentar

CONSULTADORIA EM SISTEMAS DE QUALIDADE
Assessoria e consultadoria em sistemas de qualidade ISO, BRC, IFS entre outros referenciais.

SFS | SFood Safety Service | Consultadoria em Segurança Alimentar
Solução destinada a pequenos, médios e grandes estabelecimentos com assente nos princípios do HACCP com formatos diversificados e ajustados a diferentes objectivos em matéria de higiene e segurança alimentar, desde auditorias de rotina, implementação e manutenção de sistemas, revisão e optimização de sistemas, formação e outros objectivos.

Estudos e soluções de Packaging Design para melhores e mais apelativos rotulos e embalagens dos produtos colocados no mercado Português e Internacional com avaliação de rotulagem em conformidade com padrões nacionais e internacionais, validação nutricional e enquadramento com as melhores práticas de Marketing.

SFS4P

Soluções para pequenos negócios onde para fazer a diferença é não complicar e estar presente quando necessários, acresentar valor com soluções simples e fornecer ferramentas práticas e assertivas com os negócios.

 

 

 

 

 

 

 

 

Saiba mais o que pudemos fazer pela sua empresa e seu negócio e como pudemos ajudar nesta matéria. Consulte nosso website em www.statusknowledge.pt, siga-nos nas redes sociais ou contacte-nos pelo n.º 211332968

Contatos

HEAD OFFICE

Avenida da República, n.º 6, 7.º Esquerdo, 1050-191 LISBOA | Portugal

Tel + 351 211 332 968 | Fax +351 213 195 609

Redes Sociais

follow me on facebookgoogle logo  

follow me on twitter linkedin

Parceiros

APQlogo apemeta