Votos do utilizador: 5 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela ativa

Alterações do algoritmo da Google aconteceram! Sabe das consequências?

Recentemente a Google informou o que a nossa equipa das Tecnologias de informação e do Marketing Digital já aguardava.

São notícias sem impacto nos nossos clientes e sem efeito nos projectos de TI e Marketing Digital, nomeadamente em Plataformas E-Commerce, Websites e portais na internet que tenhamos participado ou desenvolvido.

Marketing Digital para profissionais autônomos

Mas vão ter impacto sim, em negócios, empresas e websites que não estejam tecnologicamente preparados e as consequências são negativas.

Felizmente não será o caso de todos, no caso de nossos projectos web e nos nossos clientes em que ainda estejamos a desenvolver soluções web ou que já tenhamos concluído websites, não teremos qualquer problema, pois desde Janeiro de 2014 que defendemos que qualquer projecto web, seja um website, um portal ou uma loja online a mesma deve ser desenhada especificamente para ir ao encontro das necessidades do cliente e o nosso entendimento já algum tempo assenta na aposta em Websites com adaptação automática para SmartPhone, Tablet ou Desktop através da solução técnica denominada Responsive Web Design.

A partir de 21 de Abril de 2015 as pesquisas no motor de busca do Google vão ser diferentes resultado de alterações do algoritmo da Google, visto que este automaticamente passa a favorecer páginas optimizadas para dispositivos móveis, tal como a página www.statusknowledge.pt e websites de nossos clientes produção de nossos recursos de TI e Marketing Digital.

Em principio a diferença verificar-se-á somente nas pesquisas realizadas nos dispositivos móveis.

Assim com estas alterações promovidas pela gigante Google assenta numa pequena mudança na prioridade da sua ferramenta de busca em dispositivos móveis com o objectivo de promover páginas com interface preparada com automatismo para dispositivos móveis, que se ajustam a essas configurações.

O que vamos assistir é que ao realizar pesquisas na Google em dispositivos móveis com estas alterações no código da Google é que nos resultados obtidos as páginas que já estiverem optimizadas vão sair beneficiadas.

Julgamos que à partida estas alterações só se verificaram quando utilizado o motor de busca da Google nos dispositivos móveis, ou seja não no computador, e também será específica de páginas.

Assim sendo pode parecer que o website não precisa estar inteiramente optimizado, porém se a página em questão na pesquisa estiver dotado de Responsive Web Design, ele estará no ranking, logo será favorecido na pesquisa. A mudança fará com que os utilizadores possam ser direccionados a páginas que contem com uma boa visualização no dispositivo e ainda poderá fazer com que os programadores se preocupem mais com esse tipo de optimização de suas páginas.

Pelo menos foi o que acontecer na Statusknowledge com a formatação da oferta em termos de TI e Marketing Digital que funciona naturalmente integrado com os clientes onde desenvolvemos projectos Web, sejam projectos E-Commerce, Websites ou Portais na internet.

Com estas novidades e alterações que já tínhamos previsto e conhecimento, verifica-se que nas pesquisas e no motor de busca em particular da Google passa a a verificar-se que os sites que não estejam optimizados e contrários ao conceito Responsive Web Design estes acabaram por ser prejudicados e até escondidos em favor do Websites optimizados e dotados de tecnologia Responsive.

Segundo o que a Google defende, estas novidades do seu poderoso código é que alteração urge em favor dos utilizadores da internet e que a mudança deve ser feita porque a experiência com sites não optimizados é negativa e até pouco útil para os utilizadores.

Conforme anunciado em Fevereiro de 2015, a partir da terça-feira dia 21/4/2015 a Google implementou as já anunciadas e previstas alterações que vão alterar a internet nomeadamente no posicionamento dos Websites e no ranking de buscas das páginas na internet.

Acontece que para a Google com esta mudança o que assistimos é uma ideia sobre aquilo que um motor de busca considera na diferença de utuilizada para o comum dos utilizadores nas pesquisas web. Portanto considera-se que se estivermos perante um Website amigo e acessível aos dispositivos móveis este merece ser favorecido perante outros que não são, logo estamos perante um critério concreto que vai funcionar para esconder a página nas pesquisas ou em sentido contrário para melhor posicionar entre os primeiros resultados da pesquisa.

Para já e segundo a Google, esta actualização em vigor somente afectará os rankings exibidos em telemóveis e tablets e não será aplicada nos Websites inteiros, apenas a páginas específicas que não atendem aos novos critérios.

"Com as pessoas fazendo cada vez mais buscas em seus dispositivos móveis, queremos ter certeza de que elas podem encontrar conteúdo não apenas relevante e oportuno, mas também fácil de ler e de interagir em telas menores", disse uma porta-voz da empresa ao The Wall Street Journal.

Outro critério que passa a ser adoptado é a performance de conexão do site, que deve ser leve o suficiente para carregar com as velocidades da internet móvel, relativamente menores que as da rede fixa.

Soubemos também que para a Google tornou-se claro que a adaptação a dispositivos móveis é uma prioridade, isto que esta alteração é apenas um dos 200 sinais que o algoritmo usa para determinar o ranking.

Pelo que foi possível apurar os Websites que não são optimizados como era desejável ser não irão desaparecer. Em boa verdade, eles ainda podem se classificar em um nível alto se tiverem um bom conteúdo e que pessoas continuem a manifestar que realmente ainda o queiram.

Já algum tempo esperávamos estas novidades e estão em linha com o que entendemos como deve ser a colocação de Portais, Lojas online e Websites na internet, sejam negócios ou páginas institucionais, foi com esse pensamento que apostamos na formatação de oferta em Marketing Digital com a designação “Olá Mundo Digital” assente num paradigma e conceito da Web 3.0 em que independentemente da plataforma ou tecnologia que seja contruída a página é concebida com tecnologia Responsive Web Design que se caracteriza por ser uma  optimização automática e adaptação nativa do layout do website de acordo com o tamanhoresolução e modo de navegação do dispositivo onde está a ser visualizada a página.

A Google defende que estas novidades e as alterações e mudanças que implicam justifica-se porque o facto de permanecer na internet páginas e Websites que não respeitam esta optimização e tecnologia “responsive” torna a navegação e pesquisas na internet pouco assertiva para o utilizador, aliás é uma experiência má e pouco útil para o utilizador. Fontes pequenas ou uma barra lateral que desce "eternamente" são alguns dos exemplos de problemas que estes Websites podem apresentar. Verifica-se que para os negócios, um Website que não se adapta também pode ser mau para o negócio do proprietário se tratar-se de uma empresa ou negócio, aliás um estudo evidenciou que 74% das pessoas estão mais dispostas a repetir a experiência de navegar num determinado Website ou Loja online ser estiver perante uma página mobile-friendly.

FB SHELLO DIGITAL WORLD

Portanto a nossa conclusão é que esta grande mudança implementada pela Google implica que qualquer negócio e página institucional não pode ignorar se é compatível e optimizada com dispositivos móveis.

Se o Website que a sua empresa ou organização dispõe não é compatível com tablets e telemóveis fale com nossos especialistas sobre o novo Website.

No caso de ainda não ter página na internet, então está praticamente resolvido, basta começar-mos a trabalhar.

Diga assim “Olá Mundo Digital”

SHello Digital World

Votos do utilizador: 3 / 5

Estrela ativaEstrela ativaEstrela ativaEstrela inativaEstrela inativa

A NOVA ROTULAGEM DA CARNE COM NOVAS REGRAS A PARTIR DE ABRIL 2015

A QUESTÃO DE FUNDO É QUAL O PAÍS DE ORIGEM OU LOCAL DE PROVENIENCIA?

carne.rotulos

Efectivamente no passado mês de Abril de 2015 entrou em vigor novas regras no espaço comunitário quanto à rotulagem das carnes. A União Europeia (UE) a partir do dia 1 de abril começou a exigir aplicação das novas normas sobre a rotulagem de carne de porco, ovelha, cabrito ou aves, que obrigará a indicar o país onde o animal foi criado e sacrificado.

Com estas novas regras vai haver implicações ao nível do sector das carnes em particular, nomeadamente afecta directamente a carne fresca, refrigerada ou congelada.

O que se verifica com esta nova noram é que obriga a especificar o lugar de nascimento, criação e abate no caso da carne de bovino.

O legislador explica que, no caso da carne suína, de ovino, caprino e de aves, não é necessário indicar o país de nascimento porque isso “exigiria o estabelecimento de novos sistemas de rastreabilidade nas explorações, com os custos associados correspondentes”

Tal como referido em publicação anterior, o Regulamento (EU) nº 1169/2011, relativo à prestação de informação aos consumidores sobre géneros alimentícios, começou a ter aplicação no passado dia 13 de Dezembro de 2013.

Aliás sobre as implicações e impacto de novas regras da rotulagem, foi produzido pela Alice Alves e Samuel Costa integrados na nossa equipa um video focado nos consumidores com alergias e intolerâncias alimentares (Ver video aqui).

No mesmo regulamento estava previsto, nomenadamente no Artigo n.º 26.º, a elaboração de um ato de execução até ao dia 13 de Dezembro de 2013, referente à menção, na rotulagem, do país ou do local de proveniência da carne de animais das espécies suína, ovina ou caprina e de aves; que se apresentem frescas, refrigeradas ou congeladas. Assim e como estabelecido, foi elaborado pela Comissão o Regulamento de Execução (UE) nº 1337/2013 de 13 de dezembro de 2013, que teve a sua aplicação a partir do dia 1 de abril de 2015.

produtos orgânicos

O Regulamento de Execução (UE) nº 1337/2013, que estabelece as regras de execução do Regulamento (UE) nº 1169/2011 do Parlamento Europeu e do Conselho no que diz respeito à indicação dos país de origem ou local de proveniência da carne fresca, refrigerada e congelada de suíno, de ovino, de caprinos e de aves de capoeira; tem a sua aplicação a toda a União Europeia.

Indo ao encontro das pretensões dos consumidores passa a haver uma obrigatoriedade na informação, a ser disponibilizada na rotulagem da carne destinada a ser fornecida ao consumidor final ou a estabelecimentos de restauração coletiva, das espécies referidas anteriormente.

Na Statusknowledge podemos ajudar e fazer parte da solução, conte com nossos serviços e soluções em consultadoria em Segurança Alimentar para analisar situação em concreto e estudar e apresentar a solução em conformidade.

SFood.Safety.Systems

Assim, a rotulagem deverá ostentar as informações segundo os critérios estabelecidos, nomeadamente:

- Indicar o Estado-Membro ou o país terceiro em que o animal foi criado com a indicação da menção “Criação em:”;

- Indicar o Estado-Membro ou o país terceiro em que o animal foi abatido, com a indicação da menção “Abate em”;

- Indicar o lote de identificação da carne fornecida ao consumidor ou a um estabelecimento de restauração coletiva.

Qualquer questão podem colocar por email para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Em PORTUGAL e no âmbito do quadro de apoio Portugal 2014-2010 foram publicados e operacionalizados recentemente novos processos e mecanismo que visam admitir candidatura das empresas interessadas em aceder a estes importantes instrumentos financeiros.

logoportugal2020 1

No âmbito do PORTUGAL 2020, o novo quadro comunitário de apoio para o período 2014 – 2020, abriram no passado dia 20 de março 2 Avisos de Candidatura, permitindo assim o acesso das nossas empresas a este instrumento de financiamento.

Somos assim a saudar os Avisos de Candidatura abertos, destinados às empresas que foram os seguintes:

AVISO Nº 03/SI/2015 – Inovação Produtiva

O presente Aviso para Apresentação de Candidaturas (AAC) foi elaborado nos termos do previsto no n.º 2 e no nº 6 do artigo 16.º do Regulamento Geral dos Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI), aprovado pelo Decreto-Lei n.º 159/2014, de 27 de outubro e nos termos do previsto no artigo 9.º do Regulamento Específico do Domínio da Competitividade e Internacionalização (RECI), aprovado pela Portaria 57-A/2015 de 27 de fevereiro.

Aceda aqui a informação oficial do mecanismo de apoio Portugal 2020

AVISO Nº 04/SI/2015 – Empreendedorismo Qualificado e Criativo

Nos termos do artigo 8.º do Regulamento Específico do Domínio da Competitividade e Internacionalização, doravante designado por RECI, publicado através da Portaria n.º 57-A/2015, de 27 de fevereiro, as candidaturas são apresentadas no âmbito de um procedimento concursal, cujos Avisos de concurso são divulgados através do Portal Portugal 2020
(www.portugal2020.pt).

Aceda aqui a informação oficial do Aviso n.º 04/SI/2015

Estamos desde já prontos a ajudar os nossos clientes que estejam identificados e motivados a subscrever candidatura a estes interessantes programas de apoio comunitário em Portugal.

Contudo desde logo gostamos de defender que tão importante como uma boa candidatura é assentar a mesma num plano de negócios devidamente fundamentado e suportado em pragatismo e transparência, correctamente estruturado de modo que possamos assim defender a sua candidatura.

homepagept2020 FINAL 06

Na Statusknowledge consulting & services dispomos de um formato de consultadoria para assegurar a elaboração correcta da candidatura assente na elaboração de um Plano de Negócios.

A pensar em estratégia de gestão foi pensado e criado o formato que designamos por SManagement andStrategic é um produto destinado a empresas ou empresários que numa prespectiva de gestão e prespectiva futura em termos empresariais enquadrado quadro de incerteza e concorrência que é patente no mundo dos negócios e face o funcionamento das economias modernas, é crucial para as organizações encontrar boas soluções de intelligence e de financiamento, que lhes permitam tomar decisões acertadas e alcançar a excelência. Para tal este produto StatusMS assenta em prestar serviços especializados ao seu cliente em matéria de CONSULTADORIA ECONÓMICA, GESTÃO EM ESTRATÉGIA E COMPETITIVIDADE EMPRESARIAL.

SManagement.and.strategic

Conte com nossa equipa, nós estamos prontos!

Peça informação complementar e o guia de investimento que sem compromisso podemos facultar, envie um email com objectivo, tipo de investimento, actividade, região e demais informações ainda que resumidas para Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Sem compromisso mas em segurança faça o seu contacto ou coloque aqui a sua questão

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

O Dia Mundial da Saúde é celebrado a 7 de abril, data esta estipulada pela WHO (OMS - Organização Mundial de Saúde) em 1948, aquando da organização da primeira assembleia desta Organização, e em cada ano, a organização escolhe um tema central para ser debatido no Dia Mundial da Saúde e que representa uma prioridade na agenda internacional da OMS. 

Este ano como tema do Dia Mundial da Saúde a Organização Mundial da Saúde (OMS) seleccionou uma área de saúde pública, nomeadamente a "Segurança Alimentar". Assim estamos perante um tema de alta relevância e uma oportunidade para alertar os governos e toda a cadeia de produção alimentar (agricultores, fabricantes, fornecedores e consumidores) para a importância do controlo de perigos e riscos microbiológicos, garantindo que os alimentos que chegam aos pratos da população são seguros.

food10

Para além do tema para a efeméride em causa, que por sinal coicide com o dia de aniversário da Organização, está assim observado o foco da OMS (WHO) ser do "Prado ao prato".

A Organização Mundial da Saúde (OMS) procura nesta data e por ocasião da efeméride do Dia Mundial da Saúde 2015 reconhecer o papel importante de todos os envolvidos na produção de alimentos em matéria de segurança alimentar e reforçar a necessidade da colaboração e coordenação entre estas diferentes áreas, para prevenir, detetar e responder a doenças transmitidas por alimentos.

Podem ser localizadas mais informações sobre o Dia Mundial da Saúde 2015 aqui.

whd2015 310x200

Estamos convencidos que o Dia Mundial da Saúde é uma oportunidade única de sensibilizar e alertar a sociedade civil para temas-chave na área da saúde que afetam a humanidade e para desenvolver atividades com vista à promoção do bem estar das populações, assim como de promover hábitos de vida saudáveis. Podem existir vários programas apresentados no Dia Mundial da Saúde e podem prolongar-se ao longo do ano, contudo podemos observar a iniciativa do Instituto Ricardo Jorge em Lisboa (Portugal) que escolheu dia 8 de abril para assinalar esta data.

O facto é que alimentos estragados podem levar a uma variedade de problemas de saúde: diarreias, doenças virais (os primeiros casos de Ébola foram ligados a carne contaminada), problemas de desenvolvimento, reprodutivos e cancros.

A Organização Mundial da Saúde ajuda os países a prevenir, detectar e responder a surtos de doenças transmitidas por alimentos com o Codex Alimentarius, uma colecção de padrões internacionais de alimentos, directrizes e códigos de práticas, abrangendo todos os alimentos principais e processos.

PROGRAMA COMEMORAÇÕES DO DIA MUNDIAL DA SAÚDE 2015 promovido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge

Aproveite e acrescente valor ao seu negócio assegurando aos seus produtos embalagens e rotulagens apelativas e devidamente esclarecidas ao consumidor. Assim não há falta de informação e contribui-se parao bem-estar e saúde de todos.

SFood.Safety.Systems

Saiba mais o que pudemos fazer pela sua empresa e seu negócio e como pudemos ajudar nesta matéria. Consulte nosso website em www.statusknowledge.pt, siga-nos nas redes sociais ou contacte-nos pelo n.º 211332968

Votos do utilizador: 0 / 5

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa

Atenção às comunicações obrigatórias nas empresas em Portugal, hoje 28/2/2015 termina o prazo de entrega da declaração anual 2014.

Prazo de entrega da declaração anual das embalagens termina dia 10/3/2015

2000px Green dot symbol.svg

Sociedade Ponto Verde é a entidade sem fins lucrativos que gere o sistema integrado de recolha e tratamento de resíduos de embalagens em Portugal.

Sistema Ponto Verde, é também conhecido por SIGRE, que é o Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens.

Este sistema (SIGRE) foi criado e existe para garantir a organização e gestão de um circuito que assegura a retoma, valorização e reciclagem dos resíduos de embalagens não-reutilizáveis, assim como a diminuição do volume de resíduos depositados em aterro. 

Veja aqui como funciona http://goo.gl/MDJFcB

Resumidamente legalmente a responsabilidade pela gestão e destino final dos resíduos de embalagens cabe às empresas embaladoras ou importadoras que colocam produtos embalados no mercado. Porém, a lei também nos diz que esta responsabilidade pode ser delegada numa entidade devidamente licenciada para o efeito, visto que seria difícil para as empresas recolher individualmente essas embalagens em casa dos consumidores. Nesse sentido existe o Sistema Integrado de Gestão de Resíduos de Embalagens (SIGRE) - A Sociedade Ponto Verde.

ecoponto 01 500x306

Contatos

HEAD OFFICE

Avenida da República, n.º 6, 7.º Esquerdo, 1050-191 LISBOA | Portugal

Tel + 351 211 332 968 | Fax +351 213 195 609

Testemunhos

Jorge C.
Um parceiro estratégico e decisivo no nosso caminho e no nosso projecto
Hugo Moreira
Excelente equipa de profissinais! Continuação de bom trabalho para toda a equipa!

Parceiros

35,10,0,50,1
25,600,60,1,3000,5000,25,800
90,150,1,50,12,30,50,1,70,12,1,50,1,1,1,5000
0,2,1,0,0,40,15,5,2,1,0,20,0,0